top of page
Buscar
  • Foto do escritorMariana Branco

Desvendando os Mistérios da Depressão: Causas, Impacto e Superando o Estigma


A depressão é um transtorno mental que atinge uma grande parcela da população global, com mais de 300 milhões de indivíduos de todas as idades enfrentando esse desafio (OPAS/OMS, 2021).


Este problema de saúde tem um impacto significativo, sendo a principal causa de incapacidade em todo o mundo e contribuindo consideravelmente para a carga total de doenças enfrentadas pela sociedade. Apesar de não fazer distinção de gênero, estudos apontam que as mulheres são mais frequentemente afetadas.


Nos casos mais graves, a depressão pode levar a resultados trágicos, incluindo o suicídio, destacando a urgência de intervenções eficazes e precoces. A gravidade dos episódios depressivos varia de nível leve a grave, de acordo com a intensidade dos sintomas (OPAS/OMS, 2014).


Além de causar sofrimento pessoal, a depressão também pode resultar em disfunção no ambiente de trabalho, na escola e na vida familiar. De acordo com estudos de (Cavalheiro, 2006), no mundo do trabalho, há uma tendência de rotular o sofrimento como uma condição patológica a ser tratada. Isso ocorre quando a tristeza, uma emoção normal e passageira, é erroneamente identificada como depressão, um transtorno mental grave e persistente.


Essa rotulagem contida pode ter consequências negativas, contribuindo para a discriminação, o estigma e a exclusão, frequentemente associando os afetados à fraqueza, incapacidade ou problemas.


É fundamental compreender que o sofrimento não é semelhante e varia conforme pessoa, cultura, contexto e período histórico. Portanto, o reconhecimento, a compreensão e a melhoria das condições de trabalho e de vida dos indivíduos são essenciais para combater a depressão.


Quais são os sintomas apresentados na depressão?

A depressão é um transtorno de humor que afeta a forma como a pessoa se sente, pensa e se comporta, segundo (Carvalho,2012). Segundo o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5,2014) os critérios de diagnóstico de depressão incluem:

  • Humor deprimido na maior parte do dia, quase todos os dias.

  • Interesse ou prazer nitidamente diminuído em todas, ou quase todas, as atividades na maior parte do dia, quase todos os dias.

  • Perda de peso significativa quando não está fazendo dieta ou ganho de peso, ou diminuição ou aumento do apetite quase todos os dias.

  • Falta de sono ou excesso de sonolência.

  • Problemas psicomotores, sendo agitação ou lentidão nos movimentos.

  • Fadiga anormal e frequente.

  • Falta de concentração.

  • Sentimento de culpa e inutilidade frequente.

  • Pensamentos de suicídio ou morte.

Aspectos Emocionais na Infância e Depressão

Aspectos emocionais na infância desempenham um papel fundamental na tendência a sintomas depressivos. Históricos de abuso, negligência, traumas, perdas significativas e lutos durante o crescimento podem aumentar os riscos.


O trabalho abrangente de Bowlby (1997) ressalta a importância do apego materno desde a infância e como a falta desse vínculo pode afetar o desenvolvimento da saúde mental na vida adulta. Traços de temperamento e características de personalidade, como timidez excessiva e ansiedade, estão associados a transtornos de humor entende (Mello, Tyrka, 2007) em seu artigo Depressão e estresse: existe um endofenótipo?


Além disso, em sua pesquisa (Mello, Tyrka, 2007) o genótipo e a exposição ao estresse ao longo da vida também desempenham um papel importante. A capacidade de resiliência e solução de problemas durante a infância é um indicador relevante.


Estudos mostram que o estresse na infância ou adolescência pode causar mudanças duradouras no cérebro, semelhantes às observadas na depressão. Por exemplo, o estresse pode afetar a produção de hormônios.


Episódios depressivos podem variar de leve a grave. Durante um episódio depressivo leve, indivíduos enfrentam dificuldades para manter atividades sociais e profissionais simples, de acordo com (Organização PAN Americana Da Saúde,2021). Em contrapartida, em casos graves, a depressão pode prejudicar gravemente a qualidade de vida.


"A depressão é resultado de uma complexa interação de fatores sociais, psicológicos e biológicos." (“Depressão - OPAS/OMS | Organização Pan-Americana da Saúde - PAHO”) Pessoas que passaram por eventos divergentes ao longo da vida, como desemprego, luto e traumas psicológicos, são mais propensas a desenvolver depressão, (OPAS/OMS,2021).


O Que Fazer em Caso de Depressão?

Se você está enfrentando tristeza persistente ou acredita que possa estar lidando com sintomas de depressão, aqui estão algumas ações recomendadas:

· Converse com alguém de confiança sobre seus sentimentos;

· Procure ajuda profissional, começando com seu médico ou um profissional de saúde mental;

· Permaneça conectado(a) com familiares e amigos;

· Pratique exercícios regularmente, mesmo que seja uma breve caminhada;

· Mantenha hábitos alimentares e de sono regulares;

· Seja gentil consigo mesmo e evite autocrítica excessiva;

· Estabeleça metas pequenas e alcançáveis para criar um senso de realização;

· Evite o isolamento social, mesmo que isso signifique participar de atividades simples;

· Mantenha um diário para expressar seus pensamentos e sentimentos;

· Pratique técnicas de relaxamento, como meditação e respiração profunda;

· Estabeleça uma rotina diária para fornecer estrutura;

· Encontre atividades que o façam sentir-se bem, como hobbies;

· Considere buscar tratamentos terapêuticos.


À medida que exploramos a complexa jornada da depressão, desde os primeiros passos da infância até a idade adulta, é essencial lembrar que, independentemente de onde você esteja nessa jornada, há esperança e apoio disponíveis. A depressão pode ser uma estrada sinuosa, mas também é uma oportunidade para crescimento, compreensão e autocuidado.


Lembre-se de que sua história é única, e a busca de ajuda profissional é um passo importante em direção ao bem-estar. Ao compartilhar nossas experiências e compreender as raízes da depressão, podemos romper o estigma que a envolve e oferecer apoio àqueles que enfrentam desafios semelhantes.


À medida que avançamos na compreensão da depressão em todas as suas fases, mantenha a esperança viva. A jornada pode ser difícil, mas, com a orientação certa, apoio social e autocuidado, esse processo pode se tornar menos penoso.

Lembre-se de que há recursos e profissionais dispostos a ajudar. A depressão não define quem você é, e há muitas histórias de recuperação e superação para inspirar e guiar seu caminho.


Cuide de si mesmo(a) e saiba que, apesar das dificuldades, existe um caminho em direção à esperança. A doença pode ser tratada bem-estar e qualidade de vida pose ser reestabilizado. Sua jornada é valiosa, e você merece apoio e compreensão em cada passo. Podemos criar uma comunidade de apoio e empatia, ajudando a iluminar o caminho para a recuperação.


Um grande abraço,

Mariana Branco


Siga meu perfil no Instagram - https://www.instagram.com/marianabrancopsico



Bibliografia



AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION - APA. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: DSM -5. Porto Alegre: Artmed, 2014.

Bowlby, J. Formação e rompimento de laços afetivos. Trad Álvaro Cabral. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

Brant, L. C. & Minayo-Gomez, C. (2004). A transformação do sofrimento em adoecimento: do nascimento da clínica à psicodinâmica do trabalho. Ciência & Saúde Coletiva, 9(1), 213-223.

CAVALHEIRO, Gabriela; TOLFO, Suzana da Rosa. "Trabalho e depressão: um estudo com profissionais afastados do ambiente laboral." (“SciELO - Brasil - Inter-relações entre insatisfação com o trabalho ...”) Psicologia & Sociedade, v. 23, n. 1, p. 155-164, 2011.

Mello AF, Juruena MF, Pariante CM, Tyrka AR, Price LH, Carpenter LL, Del Porto JA. Depressão e estresse: existe um endofenótipo? [Depression and stress: is there an endophenotype?]. Braz J Psychiatry. 2007 May;29 Suppl 1(0 1):S13-8. doi: 10.1590/s1516-44462007000500004. PMID: 17546342; PMCID: PMC4467732.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE - OPAS. Depressão. 2020. Disponível em: 1. Acesso em: dia, mês e ano.

3 visualizações

Comments


bottom of page